Investigações realizadas pela Delegacia Territorial (DT) de Castro Alves (BA), a partir de um vídeo compartilhado num aplicativo de mensagens, no qual um homem exibia uma submetralhadora falsa, resultaram na apreensão da arma, nesta sexta-feira, dia 11.

O simulacro foi encontrado em um terreno baldio. Ele deve ser encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica (DPT), para ser periciado. Conforme explicou a titular da DT/Castro Alves, delegada Aline Freitas, nas imagens gravadas o homem exibia a arma falsa realizando ameaças.

“Ele já foi identificado e está sendo procurado para prestar esclarecimentos”, disse a delegada. A apuração do caso contou com a colaboração do Serviço de Investigação (SI) da 4ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), com sede em Santo Antônio de Jesus.

Ascom/ PC