Às 10h deste sábado, 12, o velejador Aleixo Belov desembarcou na escadaria do Comando do 2° Distrito Naval da Marinha do Brasil, no bairro do Comércio, em Salvador, após retornar da expedição à temida Passagem Noroeste, no oceano Ártico. Com ele, a tripulação formada pela oceanógrafa Larissa Nogueira, o fotógrafo Leonardo Papini e a estudante Ellen Brito, além do mecânico Hermann Brinker e do engenheiro civil Maurício Pitangueiras. Juntos, eles percorreram 20 mil milhas náuticas.

A equipe foi a primeira com a bandeira do Brasil a fazer a travessia completa pela Passagem Noroeste, que serpenteia por estreitos, como o Bering, acima do Círculo Polar Ártico. O trecho é considerado extremamente difícil para a navegação. “Foi um grande desafio, mas conseguimos vencer. Por isso, estamos muito felizes de estarmos de volta a Salvador após realizar este sonho de atravessar o Ártico”, afirmou Belov.

No retorno, o comandante de 79 anos foi recebido pelas bandas Didá e da Marinha, que animaram o público presente formado por familiares, amigos e admiradores. Autoridades da Marinha também marcaram presença, como o vice-Almirante Humberto Caldas Silveira Junior e o Capitão dos Portos da Bahia, Capitão de Mar e Guerra Paulo Rafael Ribeiro Gonzalez.

ASCOM