O comandante geral da Polícia Militar, o coronel Paulo Coutinho, disse que determinou uma grande operação na Bahia para os próximos dias. A fala foi dita em entrevista nesta terça-feira, dia 10, em referência ao assassinato de três policiais no estado no último fim de semana.

“Fica o sentimento de perda de três integrantes que foram formados para proteger a sociedade. Mas a operação continua e vai continuar até que os algozes sejam alcançados e a resposta seja à altura do que aconteceu”, disse.

Questionado sobre a presença de facções criminosas de outros estados — sobretudo Rio e São Paulo — na Bahia, Coutinho confirmou o vínculo, mas disse que haverá resposta. “Não temos muros entre os estados. A facção criminosa fica acomodada onde fica acomodada. Na Bahia, vamos incomodar elas e impedir que se estabeleçam”.

Redação: Bahia.Ba | Reportagem: Rádio Metropole