O prêmio Nobel de Economia de 2022, anunciado nesta segunda-feira, dia 10, deu destaque para pesquisa que analisa o papel dos bancos na economia. O trio de norte-americanos, que inclui o ex-presidente do Banco Central norte-americano, o Federal Reserve (Fed), foi premiado por trabalho que trata sobre a relação entre bancos e crises financeiras

O comitê de premiação descreveu que os economistas Ben Bernanke, Douglas Diamond e Philip Dybvig “melhoraram significativamente a compreensão sobre o papel das instituições financeiras na economia, principalmente durante crises”.

Ben Bernanke, antigo presidente do Fed, geriu o Banco Central dos Estados Unidos durante a crise financeira de 2008. Douglas Diamond e Philip Dybvig são professores, respectivamente, na Universidade de Chicago e Washington University em St. Louis.

Metro1