Os cobradores da empresa que realiza o transporte coletivo em Santo Antônio de Jesus, Lorentur, continuam solicitando a documentação dos passageiros idosos, situação que tem gerado constrangimento e atraso na viagem. Além disso, os passageiros ainda tem que aguentar o mal humor de alguns cobradores, inclusive discussões entre cobradores e idosos.

Uma usuária do transporte falou que uns cobradores vão até os idosos, e outros solicitam que os idosos mandem o RG pelos passageiros para que os dados sejam anotados. “É visível a irritação por parte de alguns cobradores, como se os passageiros tivessem culpa, sobretudo da linha SESC, agindo com mal humor”, disse a internauta.

Na última sexta (12), no ponto da Rua Castro Alves, no horário das 7 horas, um senhor entrou e a cobradora do seu lugar solicitou o RG do mesmo. O senhor perguntou: “passaporte serve?” A cobradora respondeu que ela não estava para brincadeira e queria fazer seu serviço. O senhor retrucou com educação que fizera uma brincadeira para descontrair, porém tinha certeza que passaporte serviria sim. A cobradora falou: “Ainda bem que essa porc… está acabando”. Ela deve ter se referido a exigência da documentação.

“Os passageiros não têm culpa das exigências da empresa Lorentur e os cobradores precisam tratar os passageiros com mais respeito. A referida empresa deveria oferecer um treinamento de relações interpessoais para que os cobradores aprendam a tratar bem os passageiros, que são a razão do seu salário. E se tratando de qualidade o transporte público da cidade deixa muito a desejar”, concluiu a internauta.

Fonte: Tribuna do Recôncavo