Nesta quarta-feira, dia 21, tem início a estação mais quente do ano. No verão, os consumidores precisam estar atentos para não sentir no bolso os efeitos da elevação da temperatura, já que o valor da conta de energia está diretamente associado ao hábito de consumo do cliente. Nessa época do ano, a variação é justificada, principalmente, pela utilização de aparelhos de refrigeração para amenizar o calor. Equipamentos como geladeiras e condicionadores de ar apresentam aumento de desempenho para compensar a alteração climática.

Para evitar surpresas que podem comprometer o orçamento doméstico, a Neoenergia Coelba, recomenda o uso eficiente de eletroeletrônicos. O clima quente leva a maioria das pessoas a atenuar o desconforto das altas temperaturas acionando o ar-condicionado por mais tempo e abrindo mais vezes a geladeira, por exemplo. O resultado desse hábito pode ser a elevação no valor da conta de energia. Comportamentos eficientes na utilização da energia, além da atenção aos desperdícios, são essenciais para que o consumidor evite surpresas, sem, necessariamente, renunciar ao conforto.

Confira abaixo algumas dicas que podem proporcionar economia no uso dos aparelhos domésticos:

  • Colocar o chuveiro elétrico na posição verão é uma importante dica de economia, quanto mais baixa a temperatura da água, menor o consumo;
  • Ajustar a temperatura do ar-condicionado para 23° C. Utilizar o timer (temporizador) ajuda a evitar o funcionamento desnecessário do equipamento;
  • Após a refrigeração do cômodo, o consumidor pode recorrer aos ventiladores, para manter o clima agradável. É importante lembrar da limpeza regular desses equipamentos. Além de higiênica, a medida contribui para um desempenho mais econômico;
  • No caso das geladeiras, quando em mau estado de conservação, os equipamentos chegam a representar 30% do consumo de uma residência. Além disso, freezers e geladeiras devem ser instalados em locais ventilados, com espaço mínimo de 15 centímetros de paredes e armários. É importante observar periodicamente a borracha de vedação que, uma vez ressecada, causa um grande desperdício de energia;
  • Fornos e ferros elétricos somente devem ser usados quando necessário. É importante otimizar esses equipamentos, para aproveitar o calor, evitando desligar e reaquecer o aparelho com frequência.

Além disso, a Neoenergia Coelba aconselha o consumidor a ter atenção no momento da compra de eletrodomésticos. É importante optar por produtos que apresentam o Selo Procel – que indicam os aparelhos mais eficientes e que consomem menos energia. É recomendável o uso de lâmpadas fluorescentes ou em LED, que chegam a economizar cerca de 80% de energia elétrica e têm durabilidade bastante superior às comuns.

ASCOM