Sabemos que o mercado está cada vez mais disputado. Então, é necessário sempre investir para aprimorar o atendimento ao cliente e consequentemente se destacar diante dos concorrentes. Nesse caso, o marketing de serviços atua como uma ferramenta importante na hora de atrair e fidelizar esses clientes. Portanto, ao utilizá-lo o seu negócio é capaz de conquistar uma boa demanda do mercado, apresentando aumento nas vendas e faturamento. Quer entender o que é esse tipo de marketing, qual seu objetivo e o porquê investir?

Acompanhe também: O marketing pode ser empregado no setor público?

Continue a leitura e conheça. Vamos lá!

O que é marketing de serviços

Marketing de serviços é a junção de atividades operacionais com foco em investigar, obter e servir a demanda de clientes que buscam por um determinado produto ou serviço. Essas ações analisam e implementam atitudes para atender todas as necessidades dos clientes. No entanto, visa ajudar a realizar vendas com esforços capazes de encantar o consumidor, tornando o seu negócio diferente dos de seus concorrentes. Ou seja, é uma ferramenta que conversa com todas as áreas da empresa, para ajudar a gerar mais receita e sempre melhorar o relacionamento entre ambas as partes.

Qual objetivo do marketing de serviços

Com o objetivo de convencer o cliente nas suas escolhas sobre empresas específicas, o marketing de serviços, atua como um conjunto de táticas para auxiliar a agregar importância para o serviço ofertado. É com base nessas estratégias que se garante o máximo de satisfação dos consumidores e usuários. É essencial para destacar empresas e incentivar o empreendedorismo, retendo consumidores e aumentando resultados. Busque focar sua atenção nos seus consumidores e na realização de atendimentos e relacionamentos excelentes.

Quais as características do marketing de serviços

O marketing de serviço conta com quatro características fundamentais, conforme mostraremos a seguir:

  • Intangibilidade: um serviço que não pode ser visto ou tocado;
  • Inseparabilidade: serviço vinculado ao prestador sem que haja contado, e muitas vezes colaboração entre cliente e prestador;
  • Variabilidade: o fator humano e demais requisitos acabam dificultando a padronização dos serviços;
  • Perecibilidade: um serviço não pode ser estocado ou aproveitado depois. Ele acaba perecendo após ser selecionado para a entrega.

Marketing de serviços e consumo online

O marketing de serviços se torna importante para as percepções de todas as decisões dos consumidores vindas da internet. É através deles que serão geradas as sensações, desejo e reconhecimento do problema para impulsionar o cliente a realizar ou não a compra. O que também inclui o comportamento de pós-compra. Como foi dito, o marketing de serviços garante máxima satisfação para consumidores e usuários. Assim como os serviços de consórcio online, que formam grupo de pessoas com o mesmo objetivo sem a necessidade de deslocamento, garantindo as melhores taxas e redução de tributos. Tendo vantagens como menos burocracia e maior flexibilidade.

Marketing de serviços e aceitação do consumidor

Todas as estratégias e decisões de marketing devem ser tomadas antes de analisar quem é o público alvo. E assim, estudar o comportamento, tornando possível a tomada de decisões relacionadas com as expectativas com clientes, juntos aos objetivos esperados pela empresa. Esse tipo de marketing ajuda a construir experiências únicas e agradáveis para os consumidores, melhorando as taxas de satisfação e aceitação. Quando a empresa investe na qualidade e no atendimento pós-venda, os contratantes acabam se tornando promotores da marca. Realizando, assim, divulgações para colegas, amigos e familiares.

8P’s do marketing de serviços

O mercado para serviços acaba sendo mais dinâmico, e assim é preciso analisar alguns compostos de marketing de acordo com essas estratégias. Por isso, os 8 Ps aplicados ao marketing de serviço são:

  • Produto: definição do produto que será entregue para a empresa, o que a sua empresa vende, seja um bem ou um serviço;
  • Preço: valor estabelecido com base nos praticados no mercado, incluindo a qualificação necessária do serviço e elementos relevantes;
  • Praça: refere-se ao local usado para realizar o trabalho. Defina se será próprio ou não. Isso envolve logística, prazos, locomoção e disponibilidade de agenda;
  • Promoção: tudo o que será feito em termo de comunicação para divulgar os serviços oferecidos. Isso envolve mensagens, anúncios e linguagem utilizada na comunicação com os seguidores nas redes sociais;
  • Pessoas:  aquela pessoa que você vai escolher para ficar ao seu lado e te representar. Uma equipe competente gera mais negócios;
  • Processos: é preciso atender às expectativas ou superá-las, para ser encontrado pelo novo cliente. Trabalhos eficientes garantem que isso sempre aconteça;
  • Produtividade e qualidade: forma que o serviço será entregue para o consumidor, os melhores relacionamentos e as soluções de qualidade;
  • Perfil – evidências físicas: demonstra o local e a forma como o serviço é fornecido, considerando todos os pontos de contato com consumidor final com a marca, produto ou serviço.

O marketing de serviços, sem dúvidas melhora o relacionamento com o cliente, a imagem da empresa, qualidade dos serviços e o foco dos colaboradores. Sendo fundamental para o desenvolvimento de uma prestadora de serviços. Junto a ele atua o marketing digital, que auxilia na busca por clientes qualificados em menos tempo. Aproveite e saiba como a chegada do 5G deve impactar o marketing digital!

Matéria: Paula Moraes/ Redatora Freelancer