O projeto de lei que torna escolas e faculdades em serviços essenciais teve o texto-base aprovado em votação no Plenário da Câmara dos Deputados, na madrugada desta quarta-feira, dia 21. Texto segue para aprovação no Senado.

O PL, que prevê a reabertura de escolas e faculdades durante a pandemia, foi discutido por cerca de sete horas até a aprovação pela Casa.

O texto prevê prioridade na vacinação de professores e funcionários de escolas públicas e privadas e a prevenção ao contágio de estudantes, profissionais e familiares pelo novo coronavírus como critérios para retomada.

Metro1