Uma mulher foi assassinada na cidade de Castro Alves (BA) na noite deste domingo, dia 20. A farmacêutica Andreia Rodrigues Silva Santos, de 28 anos, residente na Rua Marechal, foi encontrada morta dentro de sua casa, com várias perfurações causadas por golpes de faca.

O suspeito de cometer o crime, Joelson Amorim de Oliveira, de 23 anos, tentou fugir mas foi alcançado por uma guarnição da polícia. Segundo a PM, o homem estava armado com um revolver calibre 32 e atirou contra a guarnição, houve revide, o mesmo foi atingido e levado para o hospital local, mas não resistiu e morreu. O suspeito teria usado uma faca encontrada na casa da vítima para cometer o crime.

Segundo populares, Andreia foi assassinada por Joelson ao reagir uma tentativa de estupro. A Polícia Técnica está investigando se o estupro foi consumado. Já o tio de Andreia, Genésio, falou que sua sobrinha não tinha nenhum vínculo com Joelson. Ainda segundo Genésio, Andreia estava em casa sozinha aguardando seu namorado chegar para os dois saírem, quando teve sua residência invadida. O entrevistado também disse que Andreia chegou a gritar pedindo socorro, mas quando arrombaram a porta ela já estava morta. Possivelmente o autor do crime pulou o muro para entrar e sair do imóvel.

Redação: Tribuna do Recôncavo | Informações: Clube FM