O atacante da Seleção Argentina, Lionel Messi, voltou a criticar os gramados brasileiros nesta sexta-feira (28). Ele está no Brasil participando da Copa América e ajudou seu país a avançar para a semifinal após vencer a Venezuela por 2 a 0, em partida disputada no Maracanã.

“É difícil jogar às vezes, os campos estão muito ruins, lamentavelmente. É uma vergonha que num gramado desse esteja sendo jogada a Copa América. Não ajuda a jogar, poder ter a bola rápida, dar o toque de primeira. Quica mal, não pode conduzir”, disse. E continuou: “Todos os campos são ruins, não permitem conduzir a bola. Parece um coelho a bola, quicando para todo lado. É difícil para controlar. Mas isso é para todos. Não favorece um bom jogo”.

Até o momento, além do Maracanã, a Argentina atuou na Fonte Nova, em Salvador, no Mineirão, em Belo Horizonte, e na Arena Grêmio, em Porto Alegre. “É uma Copa muito igual, muito complicada, os campos são ruins. Para sair da quantidade de pessoas que estão no meio tem de girar a bola e os campos não permitem, são muito ruins”, criticou o camisa 10 argentino.

Apesar da crítica, o atleta reconheceu que não vem tendo um bom momento na competição. “A verdade é que não está sendo minha melhor Copa América, o que eu esperava, mas, como disse, não se pode jogar muito, para atacar, fazer algo diferente, se junta muita gente na frente também. Mas o importante é que vencemos, temos que seguir”, disse Messi.

Redação: Bahia.Ba | Fonte: Folha de S. Paulo.