Mais um prefeito caiu no golpe do telefone clonado. Desta vez, a vítima foi o gestor de Itajuípe, no Sul da Bahia, Marcone Amaral (PSD). Em nota, a assessoria do município afirmou que o crime foi descoberto na tarde desta quinta-feira, dia 05, quando a linha do prefeito foi cancelada e em seguida cadastrada em outro chip.

A partir daí, o golpista encaminhava mensagens para moradores do contato do gestor, pedindo transferência por PIX. Um dos recados pedia R$ 3,2 mil, o que chamou a atenção do interlocutor. A assessoria informou que os acusados tiveram acesso ao email pessoal do prefeito e acessaram as páginas dele no Instagram e no Facebook.

Ainda em nota, a prefeitura pediu “que todos ignorem qualquer mensagem enviada, até a recuperação segura de suas redes sociais. Medidas cabíveis já estão sendo tomadas para que tudo possa se resolver o mais rápido possível”, finaliza. Nesta quinta, o Bahia Notícias noticiou golpe semelhante sofrido pela prefeita de Juazeiro, no Sertão do São Francisco.

Bahia Noticias