Desde o lançamento do auxílio emergencial muitas reclamações surgiram, como a demora para a conclusão da análise, e o mais absurdo, enquanto algumas pessoas que preenchem todos os requisitos tiveram o pedido negado, outras que estão empregadas ou recebem outros benefícios tiveram o cadastro aprovado.

Na entrevista abaixo, o advogado Dr. Joanito Barbosa fala sobre o processo de um desempregado que teve o pedido negado, segundo a Caixa, por ser servidor público. Barbosa também dá orientações a quem preenche todos os requisitos mas teve o benefício negado, e faz um alerta às pessoas que receberam o benefício sem necessidade. OUÇA!

Reportagem e redação: Hélio Alves/ Tribuna do Recôncavo