O PCdoB definiu que o vereador de Salvador Augusto Vasconcelos será o nome da legenda para ocupar, caso o grupo opte pelo partido, a vaga na suplência ao Senado. Com a unidade partidária ajustada, cabe agora o ajuste com outros partidos da base que, segundo Vasconcelos, tiveram uma “boa aceitação” a seu nome.

“O PCdoB aprovou a indicação do meu nome. Está unificado pelo partido. Houve uma boa aceitação por todos os partidos da base do governo. Mas não teve uma definição, principalmente por parte do governador. Achou bom o nome, o senador Otto Alencar. Eu faço parte de um time, e onde me escalarem vou jogar para garantir a vitória de Lula e Jerônimo aqui na Bahia”, comentou o edil.

Vasconcelos indicou que é “oriundo dos movimentos populares” e não estaria “caindo de paraquedas” no pleito. “Sou jovem, primeiro mandato, mas ajuda a chapa no sentido de apontar uma renovação geracional do nosso campo. Fortalece também em uma presença importante em Salvador”, acrescentou.

PCdoB NA SUPLÊNCIA

O PCdoB já ocupa uma vaga na suplência de um senador com mandato. Nas eleições de 2018, o ex-deputado federal e atual secretário estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Davidson Magalhães, foi escolhido suplente do senador Ângelo Coronel (PSD). Antes do pleito, segundo Davidson, o partido não tinha essa reivindicação de ser suplente de Angelo Coronel (PSD) ao Senado, mas que aceitaria ser “reserva” de Jaques Wagner (PT). O partido pode ter a suplência novamente de um político vinculado ao PSD, desta vez, Otto Alencar, que busca a reeleição. (Bahia Noticias)

Augusto Vasconcelos será o convidado da LIVE Tribuna ON no próximo dia 24/05, das 21h30 às 22h30.