Elon Musk, que recentemente comprou a rede social Twitter, após muitas polêmicas, continua promovendo muitas mudanças. Nesta sexta-feira, dia 09, em seu perfil na rede social, o bilionário tuitou que irá deletar 1,5 bilhão de contas do Twitter que não estão ativas – mas sem tuítes e sem logins por anos.

“O Twitter começará em breve a liberar o espaço de nome de 1,5 bilhão de contas”, aponta no primeiro tuíte. Logo abaixo, complementa: “estas são exclusões de contas óbvias sem tweets e sem login por anos”.

Desde que adquiriu o Twitter, o empresário já demitiu funcionários, trocou dirigentes e voltou a liberar perfis polêmicos como o do ex-presidente dos EUA, Donald Trump.

Bahia.Ba