Duas pessoas foram presas na capital baiana ao tentar sacar cerca de R$ 30 mil referente a um benefício fraudulento do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

As investigações da polícia Federal (PF) apontam que a dupla suspeita tem um modo próprio de operação, atuam criando segurados fictícios, usando documentação falsa, além de usarem um grupo de idosos como “dublês” para ganharem vantagens indevidas junto ao INSS e aos bancos.

O caso aconteceu na quarta-feira, dia 09, e Polícia Federal divulgou nesta quinta-feira, dia 10. De acordo com a PF, os presos vão responder por delito de estelionato previdenciário. A polícia investiga ainda se outras pessoas participam do crime.

Bahia.Ba