A franquia da Chiquinho Sorvetes, em Santo Antônio de Jesus, no Recôncavo baiano, localizada nas 4 Esquinas, encerrou suas atividades. Segundo uma funcionária, que preferiu não se identificar, a sorveteria não estava dando lucros como previsto, pois a venda de sorvetes tinha diminuído bastante.

Nas redes sociais alguns internautas atribuíram o fechamento do estabelecimento a qualidade no atendimento ao cliente, que segundo eles não era bom. Ao Tribuna do Recôncavo, a funcionária se defendeu. Segundo ela, o atendimento na Chiquinho Sorvetes sempre foi o melhor possível.

“Fiquei muito triste por ver esses comentários, porque eu trabalhava lá há bastante tempo e nunca da minha parte tratei alguém mal, agora, tem gente que se aproveita da situação para falar dos funcionários. Alguns clientes que só faltavam nos bater, já fizeram vários escândalos por sorvete porque queriam que a gente fizesse o que eles queriam, só que a gente trabalhava com regras e cumprir regras as vezes não agrada todo mundo, por isso, para alguns, os funcionários eram ruins”, disse.

Ainda de acordo com a entrevistada, existiu sim um funcionário que não atendia bem, mas ele não trabalhava mais na loja, foi demitido. A funcionária concluiu a entrevista ressaltando que a proprietária da franquia da Chiquinho Sorvetes foi a melhor patroa que ela e seus colegas tiveram. “Ela fez o possível pra manter a loja. A Chiquinho era nossa segunda casa”, concluiu a funcionária.

Reportagem e redação: Hélio Alves/ Tribuna do Recôncavo