Na manhã desta terça-feira (9), a cidade de Castro Alves (BA) sediou um debate sobre os novos rumos da educação local. Durante o 1º Colóquio Municipal de Educação foram discutidos novos caminhos e estratégias para a “Parte Diversificada” da educação na cidade. Esta é uma diretriz da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) que determina a inclusão de temas diversos e regionais em sala de aula.

O respeito às características históricas, geográficas, socioculturais e econômicas estará inserido na matriz educacional, parte importante dos novos rumos. Com isso, o currículo escolar municipal irá incluir literatura, arte e cultura, além de música e história regional, para ampliar o reconhecimento e pertencimento da população na história.

Segundo a secretária de educação, Fernanda Carvalho, o resgate das características regionais tem um importante papel no processo de construção do indivíduo.

“Uma educação de qualidade se faz com a contribuição de todos. E os educadores, influenciadores e gestores estão reunidos hoje para estimular a valorização das nossas raízes regionais no ensino público. Estamos iniciando as discussões para implementar em breve a nova diretriz”, afirmou a secretária.

Participaram do 1º Colóquio Municipal de Educação representantes dos Ensinos Médio e Superior, professores e profissionais da educação municipal, estadual e particular, representantes dos poderes Executivos, Legislativo e Judiciário, além de membros do Fórum Municipal de Educação. Durante o encontro os professores Balbino de Azevedo, Hanilton Ribeiro, Vilma Mendes, Aldo de Oliveira Junior, Maely Souza, Tatiane Pereira e Eliana Agnese mediaram as discussões.

Editado por Tribuna do Recôncavo | Informações: ASCOM-PMCA

Município de Castro Alves realiza 1º Colóquio Municipal de Educação - castro-alves

Foto: Divulgação/ Melquíades Fonseca