As criptomoedas despencaram nesta sexta-feira, dia 19, levando o bitcoin (BTC) para uma mínima de três semanas e a sofrer a maior queda dos últimos dois meses.

A principal criptomoeda negociava em torno de US$ 21.434,62 por volta das 14h30 (horário de Brasília), com uma desvalorização de 8,2% nas últimas 24 horas. No comparativo semanal, o BTC registrou queda de 9,6%, segundo dados do Coinbase.

Sobre a ethereum (ETH), a cripto também seguiu a tendência e no mesmo horário caía 8,3%, cotado a US$ 1.708,23.

Bahia.Ba