A Polícia Rodoviária Federal prendeu nesta quinta-feira, dia 12, em Vitória da Conquista (BA), um motorista por aplicativo pelo crime de uso de documento falso. O condutor do Chevrolet/Onix transitava pelo km 830 da BR 116, quando ao ser abordado os policiais solicitaram os documentos do veículo e do condutor. Foi neste momento que o motorista alegou que portava apenas a versão digital e a apresentou em seu celular.

Após perceberem que as características da documentação possuíam dados divergentes, os policiais questionaram o homem. Ele admitiu que procurou um despachante através da rede social e que pagou a quantia de R$1.400 reais pela carteira digital. Disse ainda que instalou o aplicativo no seu celular e era através de uma senha que tinha acesso a CNH.

Em seguida, a equipe realizou a apreensão do dispositivo móvel onde estava instalado o aplicativo. Diante dos fatos, o homem de 23 anos foi preso e encaminhado à Polícia Federal. Ele irá responder pelo crime de uso de documento falso (artigo 304) do Código Penal que tem como pena de 2 a 6 anos de reclusão e multa.

Editado pelo Tribuna do Recôncavo | Informações: PRF