O artesanato brasileiro, um dos mais ricos do mundo, possui destaque pela sua beleza, criatividade, formas e cores, encantando e garantindo o sustento de inúmeras famílias e comunidades. Também faz parte do folclore revelando usos, costumes, tradições, as peculiaridades de cada região, sendo sinônimo de identidade e diversidade cultural do nosso povo, decorrente da influência do índio, do negro e do europeu que contribuíram para valorizar, aprimorar e integrar o povo brasileiro que com seu espírito criativo transforma a matéria-prima em singular obra de arte.

A fibra de bananeira, matéria-prima biodegradável e abundante em muitas regiões, inclusive no Território de Identidade do Vale do Jiquiriçá, tem sido utilizada em um novo tipo de artesanato, promovendo sustentabilidade, empreendedorismo e rentabilidade através de técnicas de reaproveitamento das fibras deste vegetal que tem revolucionado o artesanato e promovido inovação para o trabalho dos artesãos, com perspectivas positivas de aquisição do pseudocaule da bananeira que era descartado após a colheita dos cachos.

A utilização do pseudocaule na confecção de peças artesanais utilitárias e decorativas tem  contribuído para a geração de renda extra, resgatado a auto-estima de mulheres rurais, integrando conhecimento á qualidade de vida além de promover a responsabilidade sócio ambiental. Neste contexto, nasceu a FibrAna Consultoria, tendo como responsável a artesã e consultora Ana Lisboa, coordenadora do Projeto Mulheres de Fibra e Presidente da Aproarte em Ubaíra. Vale ressaltar que as peças em fibra de bananeira já foram expostas na Fenagro (2017/2018), no Fórum Social Mundial, no Festival Internacional do Cacau (Ilhéus) e na Expo Rural junto com a Cachaça Limoeiro, cliente exportação das Mulheres de Fibra.

A Consultora Ana Lisboa ressalta o avanço do artesanato confeccionado com a fibra da bananeira, destacando uma equipe de 30 mulheres rurais em Mutuípe com a participação da Prefeitura Municipal, tendo também coordenado uma capacitação para peças utilitárias em Ubaíra com o apoio da atual gestão, reconhecendo a importância desta capacitação para as mulheres desta localidade, proporcionando-lhes melhoria em sua qualidade de vida, promovendo rentabilidade e emancipação destas mulheres artesãs.

Maiores informações sobre capacitação e beneficiamento de fibra de bananeira, ligue: 75 9 8791- 1510.

E mail: fibranaconsultoria@outlook.com

Vale do Jiquiriça: Fibra de bananeira é utilizada em um novo tipo de artesanato - vale-do-jiquirica, noticias

Foto: Divulgação