O festival Virada Salvador, que marca o Réveillon na capital baiana, não vai ser realizado neste ano. O anúncio foi feito pelo prefeito Bruno Reis na manhã desta segunda-feira, dia 29, durante entrevista coletiva à imprensa.

O gestor municipal ressalta que a decisão foi motivada pelo cenário de incertezas, em meio à pandemia – mesmo com o avanço da vacinação e a queda dos números de internações e mortes em decorrência da covid-19, uma vez que o evento reúne, em média, 250 mil pessoas por dia. Bruno Reis destaca que a prefeitura chegou ao prazo limite para tomar a decisão sobre o festival Virada Salvador, faltando apenas um mês para o início da festa.

Sobre o Carnaval de 2022, o prefeito afirma que segue a mesma estratégia do réveillon: de aguardar até o último momento para tomar a decisão sobre a festa, que será feita em conjunto com o governador Rui Costa. Questionado sobre uma programação alternativa para a virada de ano, Bruno Reis disse que ainda avalia as possibilidades. No ano passado, houve queima de fogos em alguns pontos da cidade, mas ainda não há confirmação para a edição deste ano.

Agência Brasil