O município de Itaberaba (BA), no Território Piemonte do Paraguaçu, é o maior produtor estadual do abacaxi da variedade Pérola, sendo a agricultura familiar responsável por 80% da produção. Na localidade, a colheita do abacaxi já está a todo vapor e agricultores familiares ligados à Cooperativa dos Produtores de Abacaxi de Itaberaba (Coopaita) estão com a expectativa de aumento de 50% na produção deste ano.

A Coopaita possui 115 cooperados e recebe apoio do Governo do Estado, por meio do Bahia Produtiva, com investimentos de R$ 2 milhões, aplicados na ampliação e modernização da unidade de beneficiamento para desidratação do abacaxi.

Os agricultores também estão recebendo assistência técnica e extensão rural (Ater). De acordo com a engenheira agrônoma e assistente da Ater, Evanéia Carvalho, em 2019 foram plantados 1.500 plantas e 60% da produção foi comercializada. Para este ano, 2,9 mil plantas foram induzidas e a estimativa é colher 70% desse volume. A colheita segue até o mês de dezembro, sendo o pico da safra em setembro e outubro.

Editado pelo Tribuna do Recôncavo | Informações: SDR