Enoc Souza Silva (Patriota) foi eleito prefeito da cidade de Camamu, no litoral sul da Bahia. A eleição suplementar ocorreu neste domingo (1º). Mais de 7 mil eleitores elegeram Enoc como prefeito e Renivaldo Vidal (MDB), como vice. Cerca de 17 mil eleitores compareceram às urnas.

A eleição suplementar aconteceu após a prefeita Ioná Queiroz Nascimento (PT) ter o registro de candidatura indeferido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), a diplomação dos eleitos está prevista para o próximo dia 13 de setembro no Forúm Eleitoral da cidade. Já a posse, para cumprimento de mandato até dezembro de 2020, ocorrerá, na mesma data, na Câmara Municipal.

Durante a realização do pleito, nenhuma urna eletrônica precisou ser substituída. Ao todo, 92 equipamentos foram preparados para a eleição, sendo 21 de contingência.

Dos 24.889 eleitores de Camamu, 17.039 (68,46%) compareceram às eleições suplementares deste domingo (1º) e 7.850 (31,54%) se abstiveram. Do total de votos registrados, 1.006 (5,9%) foram votos nulos e outros 257 (1,51%) votos em branco.

G1