O médico legista Marcelo Passos, do Instituto Médico Legal da 5ª Coordenadoria de Polícia do Interior em Valença, no Baixo Sul da Bahia, informou na manhã deste sábado (14), que o corpo do professor Leonival Araújo, encontrado morto dentro de sua residência na Rua Marechal Deodoro, não possuía lesões internas, ou seja, não houve violência que levasse a morte do educador.

“Acreditamos que tenha ocorrido um infarto ou edema agudo pulmonar, esta com certeza é a causa da morte em razão de outros pontos do corpo que analisamos não nos levar a acreditar que houve um acidente vascular cerebral ou crime”, disse Marcelo.

O sepultamento aconteceu no Cemitério Alto Repouso da Boa Vista, no bairro da Baixa Alegre, às 14 horas deste último sábado, dia 14.

Editado pelo Tribuna do Recôncavo | Fonte: Livre Notícias