Uma mulher morreu no Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus, na madrugada desta segunda-feira (17/06), com suspeita de dengue hemorrágica. Mariana Queiroz dos Santos tinha 22 anos e residia na Rua Justiniano Rocha Galvão, em Santo Antônio de Jesus (BA).

Em entrevista ao Tribuna do Recôncavo, Gustavo de Jesus, primo de Mariana, falou que há 8 dias ela estava sentindo dores no corpo e tudo que comia vomitava, mas não teve nenhum sintoma de gripe. Ainda segundo ele, Mariana foi levada para o Hospital Regional na sexta-feira (14), onde foi atendida e liberada, já na noite de domingo (16) ela retornou ao Hospital Regional, ficou internada e morreu na madrugada desta segunda, dia 17.

Gustavo lamentou o atendimento recebido no HRSAJ na sexta-feira, dia 14/06/2019:

“Se na sexta-feira, quando a gente levou ela, tivesse feito todos os procedimentos que fez no domingo, eu acredito que ela taria viva, porque na sexta feira ela chegou e não fez exames, só falou que era uma virose, deu o medicamento e mandou ela pra casa”, disse Gustavo.

Já no domingo, dia 16/06/2019, segundo o entrevistado, o atendimento dado a sua prima parecia ser de outro hospital, pois foram feitos exames de sangue, fezes e urina, levaram a paciente para a sala de parada e chegaram a fazer um procedimento cirúrgico para aplicação de medicação, mas na madrugada de segunda Mariana teve uma parada cardíaca e não resistiu. Ainda segundo Gustavo, a equipe médica falou para a família, que sua prima teve hemorragia interna. Mariana Queiroz deixou duas filhas gêmeas de 3 anos de idade.

Em nota emitida pelo Hospital Regional, a instituição informa que não houve conclusão do diagnostico de dengue hemorrágica, e que está aguardando o resultado de exames realizados no LACEM – Laboratório Central de Saúde Pública do estado da Bahia.

Reportagem e redação: Hélio Alves/ Tribuna do Recôncavo