O topiqueiro conhecido como Júnior, que está sendo acusado nas redes sociais de atropelar um colega de trabalho identificado como Erivaldo, na última sexta-feira (15/03), na Avenida ACM, em Santo Antônio de Jesus (BA), se apresentou na Delegacia de Polícia na última segunda-feira (18), acompanhado por seu advogado.

Júnior foi ouvido e liberado, o que trouxe revolta para a família da vítima, que está inconformada com o que aconteceu e clama por justiça. No dia do atropelo a vítima e o acusado teriam brigado no período da tarde, após almoçarem juntos em um bar na localidade de Juerana.

Redação: Tribuna do Recôncavo | Informações: Blog do Valente