Professores das universidades estaduais da Bahia (UNEB, UEFS, UESB e UESC) realizam paralisação nesta terça-feira, dia 31, e realizam protestos nos portões de cada unidade de ensino para reivindicar a retomada de negociações com o governo Rui Costa (PT) e o reajuste salarial acima da inflação.

A Associação dos Docentes da Uneb (Aduneb) orienta que nos atos os professores promovam atividades como panfletagem, debates sobre conjuntura, fixação de faixas, ocupação das redes sociais e a participação em programas de rádios locais. “O intuito é dialogar com a sociedade sobre os problemas que impactam a categoria docente e a educação pública superior”, destaca a Aduneb.

Bahia.Ba