A produção industrial brasileira cresceu 0,6% em julho, no comparativo mensal. A melhora recuperou a queda de 0,3% em junho, mas setor continua com acumulado negativo no ano (-2%) e no intervalo de 12 meses (-3%).

Os dados da Pesquisa Industrial Mensal-Produção Física (PIM-PF) foram revelandos nesta sexta-feira, dia 02. O setor industrial ainda se encontra 0,8% abaixo do patamar pré-pandemia (fevereiro de 2020) e 17,3% abaixo do nível recorde alcançado em maio de 2011. Em julho, duas das quatro grandes categorias econômicas e dez dos 26 ramos pesquisados tiveram alta na produção.

Entre as atividades, as maiores altas ocorreram em produtos alimentícios (4,3%), coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis (2,0%) e indústrias extrativas (2,1%). Entre as dezesseis atividades com redução na produção, máquinas e equipamentos (-10,4%), outros produtos químicos (-9,0%) e veículos automotores, reboques e carrocerias (-5,7%) foram as mais impactadas.

Bahia.Ba