O posto policial da comunidade de São José do Itaporã, na zona rural de Muritiba, no Recôncavo baiano, foi desativado por determinação da 27ª Companhia Independente da Polícia Militar, sediada em Cruz das Almas. Segundo o subcomandante da companhia, capitão Denis, a decisão veio depois de uma visita ao posto policial.

O oficial relatou que ficou assustado ao ver as condições do imóvel que funcionava em uma rua deserta e em situação vulnerável. Dentro do posto foi observado risco de curto-circuito devido ao péssimo estado da instalação elétrica que está com fios expostos e com ausência de tomadas, sem contar que o mato está tomando conta da área ao lado da casa. Ainda segundo o capitão, existe dentro do quarto um ninho de passarinho, inclusive, com alguns deles mortos, que terminam caindo dentro do imóvel.

Com a desativação do posto, os policiais ficarão no (DPM) da sede de Muritiba, mas à disposição de São José do Itaporã e de outras localidades próximas, caso sejam solicitados. Ao ser questionado se essa decisão é irreversível, o capitão Denis respondeu que o posto poderá ser reativado se for disponibilizado, um local adequado, com condições de trabalho.

Editado pelo Tribuna do Recôncavo | Informações: Cruz na Tela