A cidade de Cruz das Almas, no Recôncavo baiano, está de luto com o falecimento do radialista Silvestre Santana Caldas, o qual tinha 78 anos e estava internado na Santa Casa de Misericórdia de Cruz, com insuficiência cardíaca grave. Ele faleceu às 21h30 deste domingo, dia 26.

Silvestre formou muitos profissionais da comunicação no seu serviço de auto-falante “Rede Líder de Publicidade”, a exemplo dos radialistas Tino Alves que hoje atua na Andaiá FM, e Wellington Macedo que atualmente atua na Recôncavo FM, ambas emissoras em Santo Antônio de Jesus. Tino e Wellington começaram na Rede Líder de Publicidade.

Silvestre trabalhou em emissoras de rádio da região e sua última passagem foi na Santa Cruz FM 87,9, em Cruz das Almas, apresentando o programa “Microfone Aberto”. Caldas usava sempre a frase “Quando eu acerto, ninguém se lembra, mas quando erro ninguém se esquece”.

O corpo de Silvestre está sendo velado na câmara de Vereadores de Cruz das Almas, e o sepultamento será nesta segunda-feira (27), as 14 horas, no cemitério Central. Silvestre era pai do radialista Silvio Caldas.

Editado por Tribuna do Recôncavo | Informações: Informe Cruz