O apresentador Danilo Gentili voltou ao usar o Twitter para se posicionar politicamente. Uma das figuras mais conhecidas da “nova” direita brasileira, o humorista desta vez resolveu atacar o site “The Intercept”, responsável por produzir a matéria com o vazamento da conversa entre o ministro Sérgio Moro e o procurador da República Daltan Dallagnol. No post feito nesta terça-feira (10), Danilo pergunta quem quer ser o seu “sócio” na abertura da um “site de fofocas” e “furos”.

O ex-repórter do CQC sugere que o “The Intercept” teria contratado os hackers que invadiram o celular de Sérgio Moro e ironizou: “O que me impede de fazer isso?”. A conversa revelada pelo “The Intercept” indica uma participação ativa de Sérgio Moro no curso da investigação da Operação Lava-Jato. De acordo com jornalista Glenn Greenwald, que se tornou um dos assuntos mais comentados do Twitter – inclusive de forma negativa com a hashtag que pede sua deportação – mais revelações devem surgir nos próximos dias. Em entrevista ao “Faixa Livre”, do site “O Cafezinho”, Glenn diz que a defesa dos dois busca desvalidar as informações divulgadas:

“É muito interessante que nenhuma defesa que Moro e Deltan deram se dá sobre a evidência do que nós publicamos. Eles estão tentando distrair sobre a nossa fonte, sobre como são vítimas, isso não é uma resposta para o comportamento obviamente totalmente errado que essa evidência mostra para o país todo que fizeram, colaborando juntos e depois fingindo que eram neutros”, comentou.

Bahia.ba