O senador Angelo Coronel (PSD-BA) está colhendo assinaturas de outros senadores para propor uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC), para permitir que partidos façam coligações para vereadores nas eleições municipais de 2020.

Nesta quinta-feira (25), Coronel fez o anuncio durante Marcha dos Vereadores e Vereadoras, que fica até esta 6ª feira, 26, em Brasília.As coligações para eleições proporcionais (deputados e vereadores) estão proibidas por uma outra PEC, de 2017.

“Nós temos que entender que uma eleição municipal é diferente de uma eleição estadual ou de uma para presidente ou senador”, argumenta o senador baiano, porque segundo ele “a política do município é diferente da política do Estado e do nível nacional”, discursou o senador.

Em seu discurso ele ainda pediu para que os prefeitos tratem com dignidade e respeito os vereadores: “Tem que acabar com essa história de ‘eu dou um vale de farmácia e dois tanques de gasolina e o vereador tá na minha base’, destacou Coronel no discurso, frisando ainda que “quando um cidadão está com problema, ele procura o vereador, e não o deputado ou o senador”.

A PEC será apresentada em razão de Angelo Coronel estar preocupado com os vereadores, pois, segundo ele, estão impedidos de fazer coligações e a grande maioria não alcançará coeficiente eleitoral.

Para que seja apresentada, a proposta precisa da assinatura de 27 senadores. Irajá Abreu (PSD-TO) foi o primeiro a assinar. O senador baiano quer que a proposta seja votada ainda em maio, valendo, dessa forma, nas eleições do ano que vem.

Bahia Noticias