A União dos Municípios da Bahia (UPB), entidade representativa dos gestores municipais, repudiou as ameaças sofridas pela prefeita de Cachoeira, Eliana Gonzaga. Nesta quarta-feira (21), o presidente da entidade, Zé Cocá, manifestou preocupação com a segurança da prefeita e afirmou que situações como essa precisam ser coibidas para garantir a liberdade do voto na Bahia e no Brasil.

“A escolha da população é soberana e precisa ser respeitada. Ameaças, violência e perseguições jogam contra a democracia e precisam ser freadas com poder de polícia. Nós prefeitos, a Diretoria da UPB, estamos solidários a Eliana e ela pode contar com nosso apoio para fazer um grande mandato para o povo de Cachoeira”, afirmou o presidente Zé Cocá.

A UPB tomou conhecimento de que a prefeita recebeu reforço da segurança por meio da Polícia Militar da Bahia e afirmou que acionará à Secretaria Estadual de Segurança Pública sobre a necessidade de apuração dos fatos e culpados. Eliana Gonzaga está em seu primeiro mandato e foi eleita pelo Republicanos, com 10.448 votos (55,94%) para o mandato de 2021-2024.

Editado pelo Tribuna do Recôncavo | Informações: ASCOM-UPB