O Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo (USP) confirmou o tremor de terra ocorrido em Cachoeira, no Recôncavo baiano, na quarta-feira (19). Segundo o centro, o fenômeno teve magnitude de 1.6 mR. A medição equivale a tremores de pequena intensidade.

Segundo a universidade, tremores pequenos são relativamente comuns no país e podem ocorrer em qualquer parte do território. O Centro disse que esses casos não trazem perigo, a “não ser um pouco de susto a população”. O órgão declarou que ainda não é possível saber a causa do fenômeno. No entanto, o Centro de Sismologia afirma que os casos são normalmente provocados por pressões geológicas naturais na crosta terrestre.

O órgão detectou o tremor às 18h51 desta quarta-feira (19), e causou susto na população. Moradores relataram que móveis balançaram e telhas caíram do teto de residências. O fato gerou também a especulação de que o tremor poderia ser causado pela barragem de Pedra do Cavalo, o que foi negado pela Votorantim, que administra o local.

Bahia Noticias