O baiano natural de Sapeaçu, mas criado em Conceição do Almeida, Keno Marley, de 21 anos, vai lutar pelo ouro nesta sexta-feira, dia 05, no Mundial de Boxe de Belgardo, na Sérvia. O brasileiro da categoria até 86 quilos derrotou nesta quinta-feira, dia 04, o belga Victor Schelstraete, na semifiinal, por decisão unânime (5 a 0).

O triunfo assegurou Marley na decisão contra o cubano Loren Alfonso Dominguez, atleta radicado no Azerbaijão. Domingos superou na outra semi o compatriota Ruiz Cordoba por 3 a 2. A final entre Marley x Dominguez está programada para a tarde desta sexta, dia 05. Entre os dez atletas da delegação nacional, Keno é o que chegou mais longe na competição. Já na estreia, o baiano já havia brilhado ao desbancar o cazaque Bek Nurmaganbet, campeão asiático de 2019.

Na sequência, Marley foi somou vitórias unânimes, por 5 a 0: ganhou do coreano Hyeongkyu Kim nas oitavas e do polonês Sebastian Viktozakdo nas quartas. Ao avançar à semi, o brasileiro já havia assegurado a medalha de bronze. Marley tem no currículo o título dos Jogos Olímpicos da Juventude de 2018, em Buenos Aires, na Argentina. Ele era uma das apostas do país nos Jogos Olímpicos de Tóquio (Japão), e chegou até as quartas de final, quando foi superado pelo britânico Benjamin Whittaker, numa luta equilibrada, por 3 a 2.

Agência Brasil