O acusado de agredir sua companheira e arrancar com as próprias mãos um dos olhos dela na noite da última quarta-feira, dia 11, na cidade de Itororó (BA), foi preso em flagrante por policiais da 21ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Itapetinga) nesta quinta-feira, dia 12. Ele, que estava escondido em um matagal, alegou que estava com ciúmes da vítima.

“Logo após conhecimento do crime, quando a mulher deu entrada na unidade hospitalar muito machucada, com hematomas pelo corpo e sem um dos olhos, iniciamos uma perseguição ininterrupta para alcançar o agressor. Ele abandonou o veículo em uma estrada vicinal e, com isso, conseguimos encontrá-lo escondido dentro de um matagal”, explicou o coordenador da 21ª Coorpin, delegado Antônio Roberto Gomes Júnior.

Em depoimento, ele contou que descobriu uma traição, entrou em luta corporal com a mulher e enfiou seus dedos num dos olhos da vítima, arrancando-o violentamente. Em seguida, trancou-a em casa e empreendeu fuga. “Ele responderá por lesão corporal gravíssima e cárcere privado”, relatou o delegado. O preso, foi encaminhado para a sede da Delegacia Territorial de Itororó, onde segue custodiado à disposição do Poder Judiciário. Foi solicitada uma medida protetiva de urgência para a mulher, que está hospitalizada.

SSP