Ultimamente vêm sendo publicadas nas redes sociais mensagens de texto e de áudio informando que algumas mulheres estariam se passando por freiras para aplicar golpes em Castro Alves, Santo Antônio de Jesus e outras cidades do Recôncavo baiano.

Nesta quarta-feira, dia 7, essas mulheres procuraram a Delegacia de Polícia Civil e a 3° Companhia da Polícia Militar de Milagres-BA pedindo apoio aos policiais, uma vez que ao visitarem as residências em Milagres os moradores não estavam recebendo-as, com receio de serem golpistas. Prepostos da PM e PC informaram que as mulheres não são golpistas.

Na oportunidade, o pároco da Paróquia Nossa Senhora de Brotas, em Milagres, Padre Valter Moura, tranquilizou as famílias informando que as mulheres são religiosas do Arautos do Evangelho, uma Associação Internacional de Fiéis de Direito Pontifício.

“Ao chegarem nas cidades elas procuram algumas famílias, rezam com essas famílias e depois ficam mantendo o contato mandando revistas, imagens de Nossa Senhora e mandando também o Boleto Bancário (…) Como nas redes sociais chegou o comentário que não eram freiras as pessoas achavam que eram duas marginais, aí criou toda essa situação, mas foi só um boato mesmo”, disse o padre.

Fonte: Tribuna do Recôncavo