O médico Yure Maia Fonseca de Jesus, de 44 anos, pai dos quadrigêmeos frutos de uma fertilização in vitro, morreu em decorrência de uma dissecção da aorta, quando há deterioração da parede da artéria.

Pai de Yure, Enzo, Ianic e Luigi (três idênticos e um fraterno), e de mais duas crianças, Rafic e Melissa (única por gravidez natural), Yure Jesus morreu na quarta-feira, dia 27, 24 horas após realizar um procedimento cirúrgico. Atualmente, o primogênito está com 12 anos, os quadrigêmeos estão com 8 e a caçula com 5. Todos moram com a mãe, a psicóloga Layane Cedraz, que se separou do médico em 2018.

O velório do médico ocorreu na noite de quarta-feira, dia 27, na PAIX Bahia, que fica na Avenida Centenário, em Feira de Santana (BA). O corpo de Yure foi enterrado na manhã desta quinta-feira, dia 28, no Cemitério Campo Santo, em Salvador.

G1/ Bahia