A Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) aprovou, na tarde desta terça-feira (11), o projeto do Executivo que institui o Fundo Estadual do Trabalho do Estado (FET).

A iniciativa será implementada na Bahia para captar recursos do governo federal para a intermediação da oferta de trabalho. O fundo ficará sob guarda da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), comandada por Davidson Magalhães (PCdoB).

A tarde ficou marcada também pela votação e aprovação de projetos de autoria dos deputados. Foram oito ao total e mais um projeto de resolução que concederá a Comenda Dois de Julho, maior honraria da Casa, à secretária de Educação do município de Licínio de Almeida, Karla Michelly Teles de Miranda.

Autor da proposta, o deputado Fabrício Falcão (PCdoB) justificou a entrega da honraria pela atuação da gestora na cidade. Segundo o parlamentar, o município tem a melhor colocação no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) da Bahia.

Moro vai falar sobre o escândalo das mensagens divulgadas pelo site The Intercept Brasil. Onde, o ex-juiz aparece dando pistas, conselhos, indicando testemunhas e até antecipando decisões para procuradores da Operação Lava Jato.

Bahia Noticias