O presidente da República em exercício, Geraldo Alckmin, se encontrou nesta segunda-feira, dia 23, com o vice-presidente Executivo da Comissão Europeia, Frans Timmermans, para tratar sobre o adensamento das relações bilaterais no âmbito da parceria estratégica entre Brasil e União Europeia (UE), existente desde 2007.

A UE é o segundo maior parceiro comercial do Brasil — o bloco é o maior importador agrícola mundial e o Brasil é, atualmente, o 12º parceiro comercial da UE e o 2º maior fornecedor de produtos agrícolas para o bloco. O contexto da visita de Timmermans envolve o reposicionamento brasileiro na pauta ambiental e nos compromissos com o desmatamento.

Alckmin e Timmermans discutiram também sobre temas associados ao comércio, à sustentabilidade e ao meio ambiente. O presidente em exercício reiterou que a agenda de sustentabilidade e a economia verde serão as bases para a reindustrialização do Brasil. Alckmin ainda sublinhou a importância da candidatura de Belém (PA) para sediar a COP 30, em 2025.

Os dois lados reforçaram a relevância do acordo de livre comércio entre o Mercado Comum do Sul (Mercosul) e a UE. O comprometimento de ambos com a sua entrada em vigor foi reiterado.

EBC