O presidente Jair Bolsonaro (PL) teceu ataques aos governadores do Nordeste, incluindo Rui Costa (PT), durante a inauguração da Restauração do Casarão da Filarmônica Terpsícore Popular, em Maragojipe (BA), na tarde desta sexta-feira, dia 01º.

Em um discurso direcionado aos apoiadores, o chefe do Executivo voltou a responsabilizar o isolamento social pela crise econômica que o Brasil vive atualmente. “Eu não determinei o fechamento de nada. Botamos a economia para funcionar. Só no ano de 2020, criamos o Auxílio Emergencial”, declarou.

Em seguida, alegou ser uma missão divina ser presidente e aproveitou para responsabilizar o governo baiano pela alta dos combustíveis. “Fico feliz com a missão de Deus em administrar o Brasil. Mas parece que a Bahia resiste em diminuir o preço da gasolina”, apontou. Neste momento, os bolsonaristas entoaram brados de “Fora Rui”. “Jamais eu fecharia uma igreja pelo Brasil como aconteceu na pandemia. Jamais fecharia um comércio”, emendou Bolsonaro.

Editado pelo Tribuna do Recôncavo | Informações: Bnews