O Diário Oficial da União anunciou nesta segunda-feira, dia 2), que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) determinou a revogação de processos de privatização de oito empresas estatais, iniciados durante o governo do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

O chefe do Executivo explicou no despacho da determinação que atualmente existe uma necessidade de “assegurar uma análise rigorosa dos impactos da privatização sobre o serviço público ou sobre o mercado”.

A decisão de Lula freou o processo de privatização da Petrobras; da Empresa Brasileira de Administração de Petróleo e Gás Natural S.A. – Pré-Sal Petróleo S.A (PPSA); Correios; da Empresa Brasil de Comunicação (EBC); da Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência (Dataprev); da Nuclebrás Equipamentos Pesados S.A. (Nuclep); do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro); por fim, Armazéns dos imóveis de domínio da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Metro1