Israel reabriu nesta segunda-feira, dia 08, a fronteira com a Faixa de Gaza e única central de energia elétrica do território palestino retomou suas operações, após uma trégua estabelecida entre Tel Aviv e o grupo armado palestino Jihad Islâmica, anunciada depois de três dias de hostilidades que deixaram 44 pessoas mortas, incluindo 15 crianças e quatro mulheres.

As passagens de fronteira entre Israel e a Faixa de Gaza, fechadas por Tel Aviv na terça-feira da semana passada, reabriram nesta segunda “por razões humanitárias”, anunciou em comunicado o Cogat, o serviço do ministério da Defesa de Israel que monitora as atividades civis nos territórios palestinos.

“O retorno à rotina dependerá da evolução da situação e do respeito à segurança”, completa a nota.

Metro1