Na noite deste domingo, dia 8, o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, pediu desculpas ao presidente Lula e a outros presidentes das instituições federais pelos atos de vandalismo em Brasília.

“Quero me dirigir aqui primeiramente ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva para pedir desculpas pelo que aconteceu hoje na nossa cidade, à presidente do Supremo Tribunal Federal, ao meu querido amigo Arthur Lira, meu amigo Rodrigo Pacheco”, disse.

Ibaneis ressaltou sua origem democrática e classificou os atos como “inaceitáveis” e disse ainda que não acreditou que as manifestações tomariam as proporções vistas neste domingo.

“O que aconteceu hoje na nossa cidade foi simplesmente inaceitável. Nós vínhamos monitorando desde a tarde de ontem juntamente com o ministro Flávio Dino todos esses movimentos que estavam chegando ao Distrito Federal. Conversamos de ontem pra hoje por várias vezes e não acreditávamos em momento nenhum que essas manifestações tomariam as proporções que tomaram”, afirmou o governador do DF.

Ele disse ainda que irá trabalhar para que os responsáveis sejam punidos. Ibaneis chamou os “os responsáveis pelas depredações dos prédios públicos de “verdadeiros vândalos” e de “verdadeiros terroristas”.

“São verdadeiros vândalos. Verdadeiros terroristas que terão de mim todo o efetivo combate para que sejam punidos”, completou.

Bahia Noticias