O Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos aprovou o uso dos imunizantes da Moderna e da Janssen como dose de reforço. O órgão permitirá também a mistura de imunizante. A pessoa poderá escolher qual vacina usará na terceira dose.

O Brasil, que não adota a Moderna, vai receber até dezembro 36 milhões de doses da Janssen, usada no primeiro esquema vacinal com dose única. Os primeiros lotes, de 7,8 milhões de unidades, chegam em novembro. O país não tem pessoas sem a primeira aplicação suficientes para o uso destes volumes e deve usar o produto na dose de reforço, caso a Agência Nacional de Vigilância Sanitária autorize.

A diretora do CDC, dra. Rochelle Walensky, endossou o realinhamento da recomendação do órgão sanitário dos EUA. “Todas são altamente eficazes na redução do risco de doenças graves, hospitalização e morte, mesmo em meio à variante Delta de ampla circulação”, completou.

Bahia.Ba