Após a elevação do número de casos e internações por Covid-19, a governadora de Nova York, Kathy Hochul, emitiu uma declaração de “emergência de desastre”. A medida permite que o Departamento de Saúde local limite os procedimentos considerados não essenciais e não urgentes em unidades médicas, para que os pacientes diagnosticados com o novo coronavírus recebam tratamento imediato.

“Continuamos a ver sinais de alerta sobre altas [de casos] de Covid no inverno, e embora a nova variante Ômicron ainda não tenha sido detectada no estado de Nova York, ela está chegando. Hoje, eu assinei uma ordem executiva para ajudar o Departamento de Saúde a aumentar a capacidade hospitalar antes de potenciais picos”, escreveu Hochul, no Twitter.

Segundo a governadora, a ação permitirá que o estado compre insumos essenciais para combater a pandemia de forma mais eficiente. Ela ainda fez um apelo para que a população se vacine o quanto antes. “Se vacine e receba a dose de reforço assim que você puder”, escreveu a governadora.

Metro1