A Câmara dos Deputados dos Estados Unidos deve entregar o impeachment do ex-presidente Donald Trump ao Senado na próxima segunda-feira (25). O processo contra o republicano foi aberto por incitar insurreição, após estimular extremistas trumpistas a invadir o Capitólio. O julgamento pode impedir o empresário a tentar assumir a presidência dos Estados Unidos mais uma vez. A Câmara aprovou o processo na semana passada, mas o Senado ainda precisa se posicionar a respeito.

“O Senado conduzirá o julgamento do impeachment de Donald Trump. Será um julgamento completo. Será um julgamento justo”, disse Chuck Schumer em pronunciamento no plenário. Esse é o segundo pedido de impeachment aberto contra Trump. Para que haja condenação, é preciso que dois terços dos senadores votem “sim”.

A invasão do Capitólio aconteceu em 6 de janeiro deste ano, quando o Congresso se reunia para oficializar a vitória de Joe Biden e Kamala Harris como presidente e vice-presidente eleitos, respectivamente. A invasão deixou cinco pessoas mortas. Trump deixou a Casa Branca na última quarta-feira (20), quando Biden foi empossado novo presidente do país.

Redação: Bahia.Ba | Informações: G1