Moradores da cidade de Vitória da Conquista, no Sudoeste da Bahia, estão preocupados com a quantidade de escorpiões que têm invadido as residências. Os bairros onde mais escorpiões foram encontrados são Campinhos, Vila Elisa, Esplanada do Parque e Morada dos Pássaros.

A salgadeira, Sonaide Souza Lima, encontrou 9 escorpiões em dois meses. Ela conta que o primeiro animal que avistou no imóvel estava na parede. O escorpião caiu no chão quando ela estava mexendo num armário da cozinha. Outro escorpião foi visto dias depois caminhando pela sala.

Conforme a coordenação municipal de endemias, em 2019, 800 residências foram visitadas por agentes e 300 escorpiões foram encontrados. Em 2018, 700 casas foram visitadas e 600 escorpiões foram achados e capturados. O coordenador de endemias da cidade, Eliezer Almeida, destaca que os agentes realizam visitas nas casas e passam orientação aos moradores. Diz que não é usado veneno no combate aos escorpiões, porque eles são resistentes.

“Os escorpiões devem ser controlados eliminando-se a fonte alimentar deles. É preciso manter o entorno da casa limpo, além do seu interior. Limpo te entulhos, de mato, de restos de materiais de construção, de qualquer tipo de material que venha ser esconderijo para esse inseto”, afirma.

“Os escorpiões se alimentam de baratas, grilos, aranhas e outros insetos. Então, a fonte alimentar principal dele na zona urbana é a barata. Onde tiver barata, vai ter escorpião. Isso é fato. Para se eliminar, precisa se distanciar a fonte alimentar da nossa moradia”, completa.

A orientação é que os moradores acionem a coordenação de endemias pelos números (77) 3429-7419 ou 3429-7421.

Editado por Tribuna do Recôncavo | Fonte: G1 Bahia