O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já testou a 500 mil urnas eletrônicas que serão utilizadas nas eleições de 2020.

O presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, destaca que, assim, o Brasil afasta possibilidades de fraudes eleitorais.

“A urna eletrônica no Brasil nos ajudou a derrotar um passado em que as fraudes eleitorais faziam parte da história do Brasil. Não mais é assim”, disse Barroso.

Bahia.Ba