Cerca de 34 mil policiais militares, civis, peritos e bombeiros militares estarão novamente garantindo a segurança aos mais de 11 milhões de eleitores baianos no segundo turno das eleições 2022, no próximo domingo, dia 30, durante a segunda fase da ‘Operação Eleições’, realizada pela Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA).

Para evitar crimes eleitorais, o Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), no Centro de Operações e Inteligência (COI), foi reativado na segunda-feira, dia 24, onde integrantes da SSP, de órgãos federais e municipais atuam em conjunto, monitorando a capital, a Região Metropolitana de Salvador (RMS) e o interior. A célula permanecerá ativa até a madrugada da próxima segunda-feira, dia 31.

As diretrizes da operação foram discutidas entre o secretário da pasta, Ricardo César Mandarino, e o presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), desembargador Roberto Maynard Frank, onde foram pontuados que o reforço do policiamento ostensivo para a garantia do livre direito de voto, a escolta de urnas eletrônicas, prevenção e repressão a crimes eleitorais, além do atendimento de eleitores ou candidatos, caso seja necessário, terão uma atenção maior no esquema montado pelas forças estaduais. “Nosso trabalho será o de garantir que o direito do eleitor, de escolher livremente o seu candidato, seja respeitado. Que a democracia seja respeitada”, detalhou Mandarino.

Bahia.Ba